Design, Pandemia e Home Office: como o People First guia a Badaró em 2021

Somos uma empresa de design e a criatividade é um dos nossos bens mais preciosos. Conversamos com nossos criativos para gerar ambientes que fossem férteis para o pensamento livre e de criação.

Para criarmos soluções relevantes, nós precisamos entender profundamente como as pessoas se comportam – é o famoso People First. Estamos falando de hábitos, rotinas, ferramentas que as impulsionam a realizar seus objetivos… São inúmeras as camadas que um produto ou cenário podem nos levar a explorar.

Hoje em dia a tecnologia está muito presente na vida de todos. Por isso nós, como designers, temos o objetivo principal de atender as necessidades de todos esses usuários. O sucesso de qualquer aplicação é medido pela percepção de valor que as pessoas têm de seu uso e real benefício. 

Apenas com um objetivo claro e uma investigação de todos os ângulos e caminhos possíveis é que podemos oferecer a experiência esperada pelo cliente. Se um produto não tem uma recompensa clara e constante ao usuário, como engajar o uso e monetizar esta entrega de valor recorrente? Por isso o people first é tão importante em design.

 

“O design, como princípio, deve ser centrado em pessoas.”

 

Esse conceito é aplicado de dentro para fora na Badaró. Internamente, o foco em olhar mais para o indivíduo se deu pela comunhão de pessoas que pensam dessa forma. O acolhimento e cuidado mútuo nasceram dessa atração e se reproduzem a cada novo colaborador que compõe nosso time.

People First na pandemia

Com esse novo contexto de isolamento, todas as empresas precisaram se ajustar e a forma de estar próximo mudou. Para nossa operação foi uma mudança sutil, considerando que já tínhamos desde 2013 um programa de 2 dias por semana em home office. 

Já estávamos atentos ao cenário acelerado da cidade de São Paulo, onde temos nossa sede, e do desgaste do translado diário antes da pandemia. Foi um movimento de cuidado com o bem-estar e qualidade de vida que já estava consistente em nossa cultura.

Antes de qualquer decisão, foi feito um acompanhamento com cada pessoa da equipe para entender o que a pandemia estava lhes impondo. Oferecemos nossos esforços para viabilizar o conforto e segurança de nossos colaboradores neste momento atípico que estamos passando.

Com isso, criamos uma base de confiança entre os integrantes do time. Porém realizamos os alinhamentos necessários para que todos percebessem a necessidade de um comprometimento maior e de uma comunicação mais próxima.

Os desafios que se destacaram foram nossas práticas de colaboração remota, inclusive no contato com os clientes. Organizamos as ferramentas e propostas digitais para a realização dos projetos, mantendo a entrega no nível Badaró conhecido do mercado.

Neste momento, queríamos mandar um forte abraço ao Miro, Slack e Figma. 😍

Criatividade e isolamento

Somos uma empresa de design e a criatividade é um dos nossos bens mais preciosos, por isso somos People First. Conversamos com nossos criativos para gerar ambientes que fossem férteis para o pensamento livre e de criação. 

A colaboração e criatividade são nossos desafios diários, é um trabalho vivo e em constante desenvolvimento. Essas funções não param quando entra em cena o home office, elas precisam se adaptar. Nossa cultura prevê a construção que garanta um ambiente saudável e próspero.

Por isso a necessidade de um olhar atento ao profissional em relação a alterações de humor e desempenho. As pessoas devem ser tratadas com muito amor, direcionamento e acolhimento. O cenário que todos estamos passando é grave o suficiente para colocarmos nosso olhar humano à frente de qualquer questão relacionada a entrega de trabalhos.

Conheça mais sobre a Badaró e nossos valores clicando aqui.